Contato via e-mail

Cancelar

A importância do desenho universal na arquitetura

A acessibilidade é um tema muito explorado pois, seja qual for o sua necessidade, faz-se necessário a facilidade para se locomover com ou sem barreiras, ainda mais quando se trata do seu próprio lar.

O desenho arquitetônico acessível é fundamental para aqueles que necessitam de um cuidado maior, além de um ambiente que facilite sua locomoção.

Pensando nisso, os novos projetos vem se adequando para trazer empreendimentos com melhores condições e qualidade de vida à todos.

Mas, afinal, do que se trata o desenho universal para arquitetura acessível? Descubra agora!

Entenda o desenho universal na arquitetura

Sabemos que boa parte dos projetos residenciais se baseiam em padrões básicos de desenhos, ou seja, por uma convenção mínima adotada e ditada através de normas e leis.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em seu último Censo Democrático realizado em 2017, 45,6 milhões de pessoas disseram conviver com algum tipo de deficiência como: visual, auditiva, motora ou intelectual. Assim, 23,9% da população brasileira não vive em uma sociedade adaptada.

Dentro desses números, não estão inclusas as pessoas idosas que também precisam de adaptação e atualmente representam mais de 8% da população.

Banheiros com acesso para cadeirantes, rampas, plataformas, pisos podotáteis e até mesmo barras de apoio para idosos ou pessoas com algum tipo de dificuldade de locomoção não são algo comum de vermos em apartamentos ou casas.

Apesar de se tratar de itens muito conhecidos por todos ainda não temos nesse contexto o hábito de inserir esses itens de forma padrão a fim de atender os usuários com algum tipo de limitação ou deficiência.

A não inclusão de tais elementos impede de certa maneira, o direito de ir e vir, das pessoas que possuem limitações excluindo o acesso ao estudo, a prática de atividades corriqueiras de maneira independente e facilitada, proporcionar uma vida digna sem distinções ou limitações.

Atualmente, após diversas manifestações da sociedade e de leis específicas, além de novos conceitos e condutas, profissionais como designers, engenheiros e arquitetos vêm desenvolvendo projetos com total ou parcial acessibilidade para quem necessita.

O que é desenho universal?

O desenho universal facilita a implantação de unidades que necessitam de acessibilidade sem que seja necessária alta tecnologia e sofisticação, o projeto é realizado com custos acessíveis.

O desenho universal possui como premissa as necessidades de qualquer pessoa e não somente daquelas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida, assim, os projetos de desenho universal atendem também obesos, crianças, gestantes, idosos e outros.

O projeto é concebido de maneira ampla, não havendo nenhum tipo de segregação, promovendo assim poucas ou nenhuma alteração futura, visando atender em sua vida útil, todas as necessidades do público alvo.

Atualmente, projetos acessíveis vem ganhando força no mercado imobiliário pensando sempre no desenvolvimento do usuário ao longo da sua vida.

O desenho universal então, propõe soluções de atendimento à todos sem que haja qualquer tipo de exclusão, por isso, se trata de um papel fundamental e essencial para o profissional que atua com projetos arquitetônicos.

Adaptação dos novos empreendimentos do mercado imobiliário

A Lei Federal 10.098 estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade de pessoas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida.

Em 2004, de maneira consequente, as edificações passaram a se adaptar para atender tal legislação.

As mudanças foram visíveis pela população, principalmente, em edifícios públicos, assim como bancos e comércios em geral.

Sabemos que a lei não é suficiente para conscientizar a população, por isso, a prefeitura de São Paulo juntamente com as associações profissionais organizam cursos para profissionais para realizar projetos de acordo com a NBR 9050 – Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos.

Neste contexto os projetos que contém o desenho universal possuem unidades adaptáveis, que vão desde alcance visual e de comandos, flexibilização, até vão livre de passagem além de largura mínima de corredores e portas.

Com o envelhecendo da população, surgem novas prioridades. Atualmente, os empreendimentos vêm sendo projetados com essas novas diretrizes, com projetos contendo maiores ofertas de acessibilidade.

A principal função do desenho universal é exatamente essa, realizar um conjunto de projetos e ações que visem minimizar ou sanar as toda e qualquer alterações futuras em vista das necessidades específicas devidamente orientadas por lei.

Concepção dos novos empreendimentos da Tarjab

Neste contexto, a Tarjab é uma construtora que tem como principal objetivo atender todos os seus clientes, por isso, em seus projetos em adequação e atendimento às normas e leis vigentes estamos implantando e desenvolvendo empreendimentos com a implantação do desenho universal e acessibilidade.

Desde a concepção, os projetos Tarjab priorizam a acessibilidade para todos.

Por isso,atuamos com consultores especializados que dão as diretrizes de necessárias para que os empreendimentos possam incorporar tais conceitos, permitindo o acesso para todo tipo de pessoa.

A Tarjab se preocupa com a usabilidade e pensa em cada detalhe, e todos os cuidados tomados estão presentes nos projetos, não havendo projeto com áreas onde as pessoas não consigam ir.

O conjunto das soluções e propostas dentro dos projetos Tarjab contribuem para que as pessoas tenham o hábito de utilizar as edificações, os espaços e equipamentos de uma forma mais harmoniosa, universal e acessível, em conjunto obtendo uma melhor qualidade de vida.

Estimular e promover projetos e atividades capazes de contribuir com a integração de pessoas portadoras de deficiência ou com algum tipo de dificuldade de locomoção é colaborar com a defesa dos direitos legais que se encontram justos e pertinentes na sociedade em que vivemos.

E você, já conhecia o desenho universal? Deixe seus comentários abaixo e se curtiu compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais para outras pessoas conhecerem esse conceito.

Foto de capa: https://www.archdaily.com.br/br/923234/recomendacoes-basicas-e-necessarias-para-projetar-habitacoes-acessiveis

Fique por dentro!

Assinando nossa newsletter você fica por dentro de tudo que acontece com os nossos projetos e recebe todas as dicas do nosso blog em primeira mão.

Online
E-mail